Skip to main content

DIREITOS HUMANOS - DESMOND TUTU

Desmond Tutu foi Arcebispo Anglicano da África do Sul e Prêmio Nobel da Paz. Dedicou seu pastorado na defesa dos Direitos Humanos.

A Igreja Episcopal Anglicana esteve presente no Ato do Dia Internacional da Mulher, que aconteceu na última sexta-feira (8/3), em São Paulo. Em serviço na Paróquia da Santíssima Trindade, a missionária americana Nina Boe participou do evento desde a sua concentração que ocorreu na Praça da Sé, histórico ponto de encontro dos movimentos sociais brasileiros.

Nina Boe


 


Petição Pública de Fiéis e Líderes Religiosos a Favor da PL 122Nesse sentido,  a articulação de fiéis e religiosos que apoiam essa Petição Pública, nada mais fazem que reafirmar os valores bíblicos de amor ao próximo e de justiça para todas as pessoas que se encontram em condições de fragilidade social.


Dermi Azevedo e Paulo VannuchiDiante da realidade da opressão que atinge esse segmento social, o pastor relembra à sua comunidade que a Igreja tem um compromisso essencial com a dignidade humana. Não se trata de algo retórico, de um momento episódico ou de uma ocasião fortuita de se pronunciar, nem de fazer um discurso oportunista. A IEAB é convocada a justificar o seu nome de Igreja, nascida como comunidade cuja pedra angular é o próprio Jesus Cristo..... Por Dermi Azevedo


Igreja Anglicana e STFRecebemos com serenidade a recente decisão unânime do STF sobre o reconhecimento jurídico das uniões estáveis de pessoas homoafetivas. Tal aprovação representa um importante avanço em nossa sociedade na busca pela superação de todas as formas de preconceito e um aperfeiçoamento no conceito de igualdade e cidadania numa sociedade marcada pela pluralidade, mas também por profundas desigualdades e discriminações;


O Reverendo Arthur, em conversa com estudantes e amigos de Samuel de Souza, ouviu o comentário mais uma vez  que houve omissão a prestação de socorro por parte da USP. No mesmo dia do culto, a Universidade de São Paulo colocou em seu site uma abertura de sindicância administrativa " (...) para apurar os fatos e circunstâncias da morte do estudante Samuel de Souza, ocorrido no dia 2 de dezembro. A Comissão terá o prazo de sessenta dias para a conclusão dos trabalhos".



 


Ivone Gebara irá lançar em São Paulo o seu mais novo livro intitulado "Vulnerabilidade, Justiça e Feminismos" no dia 13 de dezembro, às 19h na sede das Católicas pelo Direito de Decidir.


 


Reverendo Samuel SousaSobre esse episódio, há denúncia de que houve negligência do HU e da Guarda Universitária visto que o rapaz havia procurado ajuda e morreu sem nenhum socorro. Diante disso, o Diretório Central dos Estudantes (DCE) lamenta profundamente a morte do estudante e vem por meio desta nota pedir esclarecimento por parte da Universidade de São Paulo sobre o ocorrido, principalmente sobre a alegação de recusa de atendimento por parte do HU e da Guarda.


Uma das jovens estudantes presentes se denominou integrante de um grupo chamado Evangélicos pela Justiça (EPJ) e lembrou a grande contradição vivida pela universidade por causa da origem protestante.  Essa jovem afirmou que no passado os protestantes estiveram a frente de seu tempo e puderam criar espaços mais abertos e acolhedores. Eles sabiam o que era sofrer o preconceito, a exclusão e a intolerância (...)



Gosto de passear pela Av.Paulista e ver toda aquela diversidade de pessoas transitando democraticamente nas largas calçadas. Há lugar para todas as pessoas naquele espaço. É difícil acreditar que justamente ali, e na vista de muitas pessoas, a intolerância encontrou espaço (...) Por Arthur Cavalcante

Yury OrozcoEm entrevista a União de Mulheres Anglicanas do Brasil (UMEAB-Paróquia Trindade), Yury Orozco fala sobre as Católicas Pelo Direito de Decidir, uma importante e atuante organização que defende os direitos da mulher na sociedade/religião. Também relata um pouco sobre o lançamento do livro "Religiões em Diálogo: Violência contra as Mulheres" e expectativas sobre o movimento.